Acordo entre Sesc e Ibama beneficia cerca de 11 mil pessoas no Amapá

Por meio do acordo de cooperação entre as entidades, pescado apreendido é doado para pessoas atendidas pelo Mesa Brasil

Acordo entre Sesc e Ibama beneficia cerca de 11 mil pessoas no Amapá

Em uma ação do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), no mês de fevereiro, cerca de 16 toneladas de pescado foram apreendidas no município de Calçoene, no Amapá. Por estarem no período de reprodução e a pesca ser proibida por lei, os peixes apreendidos foram doados para cerca de 11 mil pessoas atendidas pelo programa Mesa Brasil.

A doação foi realizada por meio de um acordo cooperativo entre o Departamento Nacional do Sesc e o Ibama, renovado no fim do ano passado. A iniciativa prevê que após a realização das ações de apreensão, o Instituto faz o repasse da mercadoria para o Sesc distribuir entre as entidades atendidas pelo programa.

Realizado pelo Sesc, o programa Mesa Brasil desenvolve um trabalho de segurança alimentar e nutricional que atua no combate à fome e o desperdício de alimentos em todo o país.  O intuito da iniciativa é buscar alimentos e produtos que estão sobrando e levar para onde está faltando.

No Amapá, os municípios de Macapá e Santana, atendem cerca de 50 instituições por meio do Mesa Brasil. Diversas crianças, jovens e idosos recebem alimentos de qualidade, que são inspecionados por uma equipe profissional que trabalha, exclusivamente, na seleção dos produtos aptos ao consumo.

A Superintendente do Ibama/Ap, Márcia Bueno, destaca a importância dessa parceria para a colaboração social. “Nesse acordo, nós buscamos formas para que não ocorra desperdício dos alimentos apreendidos, já que eles vão servir para as populações em risco alimentar. Dessa forma, quando o Ibama faz a apreensão, nós contactamos a equipe do Mesa Brasil, que faz o recebimento e a distribuição para as associações cadastradas”, enfatiza Bueno.

Além do acordo firmado com o Ibama, o programa desenvolve também a Colheita Urbana, diariamente, junto às empresas doadoras de alimentos. Todos os produtos arrecadados são distribuídos imediatamente para que não ocorra o risco de insegurança alimentar. Para contribuir com o programa, o Sesc AP realiza ações educativas com o objetivo de arrecadar alimentos e produtos, para aumentar o estoque de doações.

Para Márcia Correia, coordenadora do programa Mesa Brasil no Amapá, a contribuição do projeto é essencial para a democratização da alimentação no Estado. “A nossa equipe preza pelo reconhecimento do projeto. Nós não podemos atender a todos. Mas, o programa consegue sanar uma parte de uma situação tão emergencial que é o combate à fome”, declara Márcia.

Segundo um balanço feito em 2018, em 15 anos no Amapá, o programa Mesa Brasil já distribuiu mais de 4 bilhões de alimentos para 108.038 pessoas, com a ajuda de 213 empresas doadoras.

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

Olá, deixe seu comentário para Acordo entre Sesc e Ibama beneficia cerca de 11 mil pessoas no Amapá

Enviando Comentário Fechar :/