Sesc Amapá realizará oficina de criação literária

Sesc Amapá realizará oficina de criação literária
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

Local

Sala de Audiovisual - Sesc Araxá

“Ler e Contar, Contar e Ler - As Narrativas e as Práticas Leitoras”

O sistema Fecomércio AP, por meio do Serviço Social do Comércio (Sesc), irá realizar entre os dias 27 a 31 de maio, mais uma oficina do Projeto Arte da Palavra, com o contador de histórias e escritor, Francisco Gregório Filho. A oficina de Criação Literária, “Ler e Contar, Contar e Ler - As Narrativas e as Práticas Leitoras”, será realizada a partir das 19h, no horário 14h as 18h, na sala de Audiovisual do  Sesc Araxá. As inscrições poderão ser realizada no setor de cultura, mais informações (96) 3241-4440-239.

A oficina objetiva sensibilizar e qualificar profissionais de diferentes áreas para as práticas de produção de leitura e da contação de histórias, a partir de informações teóricas e práticas que lhes deem suporte para a apreciação e o exercício dessas atividades.

O projeto Arte da Palavra Rede Sesc de Leituras é constituído por ações formativas e de fruição literária, a fim de promover o intercâmbio de artistas e a formação de leitores, um projeto literário de âmbito nacional, que será realizado em formato de circuitos, com representantes da diversidade literária brasileira. A proposta é oferecer ações que atuem em toda a cadeia da literatura, incluindo a formação e a divulgação de novos autores, a valorização das novas formas de produção e fruição literária, possibilitadas pela emergência de discursos periféricos e a utilização de novas tecnologias.

Sobre o escritor:

Francisco Gregório Filho é contador de histórias e escritor. Desenvolve oficinas de formação de contadores de histórias há mais de 30 anos no Rio de Janeiro e em outras cidades do país. Publicou livros de histórias para leitores infanto-juvenis e para adultos; também escreve artigos para jornais e revistas sobre práticas leitoras e a ação de contar histórias. Foi o primeiro coordenador do Proler/Biblioteca Nacional/Ministério da Cultura, entre 1992 e 1996. Gestor de programas e projetos com as diferentes linguagens artísticas e a formação de leitores. Nasceu em Rio Branco, no Acre, onde foi Secretário de Cultura do Estado por duas vezes. Alguns de seus livros: Dona baratinha e outras histórias, pela Rocco; Lembranças amorosas, pela Global e Ler e contar, contar e ler, pela Letra Capital. Patrono da Cadeira 21 da Academia Brasileira de Contadores de Histórias. Membro da Academia Acreana de Letras.

 

Serviço - Sesc Amapá
Coordenadoria de Comunicação e Marketing
E-mail: ascom@sescamapa.com.br
Fone: (96)3241-4440 (ramal 235)
Site: www.sescamapa.com.br