Cia de Circo Amapaense animou público infantil em mais um dia de Amazônia das Artes

Cia Cangapé

Cia de Circo Amapaense animou público infantil em mais um dia de Amazônia das Artes
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

O Sistema Fecomércio, por meio do Sesc Amapá, realizou nesta quinta-feira (21) o nono dia de Amazônia das Artes com “Se deixar, ela canta!” da companhia amapaense Cangapé. O espetáculo aconteceu às 15h no Salão de Eventos do Sesc Araxá, com entrada gratuita e classificação livre.

Atuante há mais de 11 anos no Amapá, a Cia Gangapé vem se destacando no cenário cultural do estado por seus trabalhos que misturam arte e contribuição social. Em “Se deixar, ela canta!”, Perualda, a maior estrela da música amapaense quer apresentar o maior show de sua carreira, mas seus irmãos estão cansados de ouvir sua voz desafinada e a extrema falta de simpatia da pseudo estrela e tudo se transforma numa divertida confusão.

 

Amazônia das Artes

Pensada como uma estratégia, baseada nas políticas culturais do Sesc, para fomentar a produção artística amazônica e ser mecanismo para a desconstrução de fronteiras geográficas e culturais que dificultam a circulação de obras de arte por esta região, o projeto difunde trabalhos nas linguagens artes visuais, intervenção urbana/performance, artes cênicas, audiovisual, literatura, audiovisual e música. Além das apresentações, os artistas se encontram para compartilhar experiências e técnicas ou para participarem das inúmeras oficinas ministradas pelos artistas em circulação para ampliar o contato com o público de onde estiverem. Em 10 anos foram realizadas mais de 1.500 apresentações com 700 artistas dos estados Acre, Amazonas, Pará, Roraima, Rondônia, Mato Grosso, Maranhão, Amapá, Tocantins e Piauí.

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp